Teoria X Prática

O que é mais importante, o conhecimento teórico ou a experiência prática?

Eventualmente cada pessoa vai enaltecer o que tem sobrando e minimizar o que está faltando. Contudo se falarmos em valores iremos identificar que um estagiário com um bom currículo acadêmico irá começar ganhando em uma grande empresa algo em torno de R$ 900,00 mensais, uma vez que o que ele tem para oferecer naquela organização até o momento é o seu conhecimento teórico adquirido na faculdade.

A experiência prática neste caso em termos de valores vale um pouco mais, algo em torno de R$ 1.300,00 mensais que é o que ganham os auxiliares administrativos ou os mecânicos que realizam o mesmo trabalho há bastante tempo.

Deste modo, o conhecimento teórico e a experiência prática, isoladamente, possuem pouco valor de mercado, uma vez que somente se juntarmos os dois é o que o valor sobe.

Vale ressaltar que muitos profissionais entendem como sendo experiência o tempo na função que exercem, mas isso não é bem verdade. Tempo é a matéria-prima mais abundante no meio corporativo, é o que qualquer um tem de sobra para oferecer.

Nas organizações a experiência é medida por resultados e quem passa anos realizando sempre o mesmo serviço não adquire experiência. Na verdade está “parado no tempo” sem perspectivas de desenvolvimento profissional.

A experiência é a transformação do conhecimento em resultados práticos para a empresa e o consequente reconhecimento desse mérito.

Sendo assim, uma regra básica do mercado de trabalho é que você jamais deve estagnar na sua função, ou seja, não deve sempre executar as suas tarefas do mesmo jeito. É necessária a implantação de um novo modelo para a realização das atividades e, indo além, aprender e desempenhar novas funções dentro da organização para a sua valorização e crescimento profissional.

Anúncios